Odontologia - procedimentos avançados

Tudo o que você precisa saber sobre implante dentário

tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-implante-dentario-2.jpg

Sorrir sem constrangimentos e mastigar sem o uso de dentaduras é realidade para as pessoas que fazem implantes dentários, após terem perdidos seus dentes permanentes, por qualquer que seja o motivo.

O implante é um procedimento odontológico realizado quando se perdeu o dente e a raiz. Ele é muito necessário, uma vez que a falta de um único dente na boca pode gerar problemas funcionais, como dificuldade na mastigação, fala e digestão.

O procedimento do implante está na colocação de um pino de titânio, no lugar da raiz, similar a um parafuso, que fica preso no osso maxilar, quando se trata de dente da arcada superior, ou no osso mandibular – dente da arcada inferior. O titânio é um material muito bem aceito pelo organismo e o pino (implante) faz a vez da raiz do dente. É sobre ele que é fixado a coroa, ou o dente artificial.

O implante de dente pode ser feito por qualquer pessoa em bom estado geral de saúde e com mais de 17 anos, idade que termina a fase de formação dos ossos da face.

Há a possibilidade de se fazer implante de todos os dentes, uma vez que com alguns implantes é possível colocar próteses fixas que repõem toda a arcada.

A colocação de implantes é bem tranquila em relação à dor, necessitando apenas da aplicação de anestesia local. O que muitos pacientes não sabem é que o osso não dói, já que ele não tem inervação.

No entanto, para as pessoas que têm fobia ou medo de tratamentos dentários, existe a opção de fazer todo o procedimento de implante sedado no SPA Odontológico, sem sentir sequer a pequena ‘fisgadinha’ da agulha da anestesia.

O pós-operatório é bem simples, com recomendação preventiva de anti-inflamatório, analgésico, antibiótico e repouso no dia do procedimento.

Também não há rejeição do implante. Raramente não ocorre a formação adequada de osso nas rugosidades do implante dentário, e isso devido a causas sistêmicas, como a qualidade óssea, altura ou espessura. Mas o procedimento pode ser repetido, utilizando-se o enxerto dentário.

Enxerto dentário

Há casos em que há perda óssea dos dentes e surge a necessidade de preencher o osso para dar mais suporte ao implante. Esse procedimento, chamado de enxerto ósseo dentário, aumenta a altura ou a espessura do osso, utilizando material, o osso, do próprio paciente ou biomateriais bastante seguros, disponíveis no mercado.

SPA Odontológico

No SPA Odontológico, além da opção de fazer o implante sedado, há otimização dos processos, já que são utilizados equipamentos e técnicas modernas que diminuem o tempo da ósseo-integração – processo no qual o implante se integra ao osso.

E o melhor: o paciente não sai do SPA sem dente. Uma prótese provisória é colocada no mesmo dia em que é feito o implante. Assim, de imediato, o paciente volta a ter a estabilidade e o conforto para mastigar, falar e sorrir.

{{cta(‘9bde6e33-8fac-421e-baf8-72cc8b612efb’,’justifycenter’)}}

Deixe uma resposta