SPA Odontológico

Melhores práticas de atendimento odontológico para cardiopatas

Cardiopatas Clinica Saraiva.jpeg

O aumento da expectativa de vida é uma realidade em nosso país! Ou seja, a vida das pessoas está sendo cada vez mais longa. Interessante analisar que com a falta de limpeza bucal correta, bactérias passam para a circulação sanguínea, causando doenças infecciosas, especialmente em portadores de lesões cardíacas – é nesse público que iremos focar neste artigo.

Segundo Dr Max Grinberg – do Incor, 90% dos pacientes com disfunções no coração têm problemas bucais de alguma natureza.

Desse modo, é importante que você conheça quais as melhores práticas de tratamento odontológico para procurar um profissional que atenda às suas demandas especiais de saúde:

  • O paciente cardiopata deve passar por uma análise criteriosa, conhecida como anamnese e avaliação dos sinais vitais;
  • Deve existir uma comunicação entre o médico do paciente e o cirurgião-dentista, assegurando a saúde integral do indivíduo e evitando o consumo de medicamentos indesejáveis, assim como obter informações sobre o grau de controle da doença;
  • O cirurgião-dentista deve estar preparado para procedimentos de emergência;
  • Em casos de elevado risco, o tratamento precisará ser realizado com sedação. Por isso, o Spa Odontológico pode ser uma excelente opção;
  • As sessões de tratamento devem ser curtas;
  • É sugerido um acompanhamento multidisciplinar;
  • O dentista precisa ter cuidado com a inclinação do encosto da cadeira, pois pode ocorrer de o paciente ter dificuldade para respirar.
  • Recomenda-se a realização do maior número possível de procedimentos numa mesma consulta, controlando a necessidade de uso dos antibióticos;
  • Sempre ter em mãos a medicação de que o paciente necessita no consultório ou, solicitar que o paciente a tenha.

É de suma importância que os cardiopatas tenham consciência que eles deverão dispor de cuidados redobrados com sua saúde bucal. É sabido que todos os indivíduos precisam cuidar de sua saúde dental, mas nos pacientes com disfunção no coração, os riscos são bem maiores e precisam ser cuidados, já que desta forma, estarão evitando problemas futuros.

E você?  Sabia que os dentes tem uma relação direta com o coração?

{{cta(‘8f82ecbb-c7ce-4586-8aea-29e19d2a11a6’)}}

Deixe uma resposta