Contorno Corporal

Lipoaspiração após gravidez? Saiba como e quando você pode fazer

Lipoaspiracao-apos-gravidez-1.jpg

Depois da gestação, é muito comum as mamães reclamarem das gordurinhas acumuladas aqui e ali e desejarem ter de volta o corpo de antes da gravidez e – por que não? – até melhor.

A lipoaspiração é a cirurgia plástica mais desejada para devolver uma silhueta de corpo curvilíneo e sua realização é permitida no período pós-parto, mas é importante ter cautela.

Os cirurgiões plásticos recomendam uma espera de pelo menos seis meses após o parto. Nessa fase, o organismo da mulher está sob transformações hormonais e físicas, ou seja, o corpo ainda mantém certo inchaço e acúmulo de gordura em algumas regiões. Essa alteração natural da silhueta impede que o cirurgião tenha a real visão do corpo e de planejar bem o procedimento.

O momento ideal para fazer a lipo depois de ser mãe e obter os resultados satisfatórios é quando a mulher já está com seu peso próximo ao ideal e em boas condições físicas.

Há aquelas mulheres que têm a genética a seu favor e há também as que levam mais a sério as orientações nutricionais durante a gestação, engordando apenas um quilo por mês, por exemplo. Nesses casos, a recuperação do corpo é mais rápida, entre três a seis meses, especialmente quando amamentam. Porém, para a maioria, o processo é mais longo.

É importante lembrar que a lipoaspiração não deve ser feita com o intuito de emagrecimento imediato. O seu objetivo é propiciar mais harmonia estética; assim, é fundamental estar o mais próxima possível do peso ideal antes de se submeter ao procedimento.

Recuperação da cirurgia

Ao realizar qualquer cirurgia, o paciente precisa estar preparado para o pós-operatório e, com a lipo após a gravidez, isso não é diferente. Ainda, trata-se do período em que a mamãe está com um bebê recém-nascido em casa e que requer muito de sua atenção e cuidados.

Por isso, a mulher precisa estar ciente de que, no pós-operatório, ela vai precisar fazer um certo repouso por uma semana. A volta às atividades normais demora pelo menos 10 dias.

Daí a importância de um bom planejamento antes de optar por fazer a cirurgia, tendo certeza de que irá contar com o apoio de familiares e amigos, ou mesmo de empregados de confiança.

Caso a mulher não tenha esse suporte, é recomendável que ela adie um pouco o procedimento para um momento em que ela possa ter um pós-operatório tranquilo e seguro.

Deixe uma resposta