Cirurgia plásticaGinecomastia

Ginecomastia ou aumento da mama masculina: como tratar?

De novembro 21, 2017Sem Comentários

Ginecomastia ou aumento da mama masculina Clínica Saraiva

A ginecomastia é um termo médico que se refere ao aumento das mamas masculinas. Ela é caracterizada por um desequilíbrio entre a quantidade de estrógeno e andrógeno que atuam nas mamas.

Podemos classificá-la como patológica ou fisiológica.

A ginecomastia fisiológica poderá ser observada nos períodos neonatal (ou seja, em recém-nascidos), puberal (adolescentes em período da puberdade) ou senil (quando aparece em idosos) e está diretamente relacionado com alterações hormonais do paciente.

Já a ginecomastia patológica tem sua causa relacionada com fatores como:

  • Obesidade
  • Hipertireoidismo
  • Alterações hepáticas

 

Como diagnosticar a ginecomastia?

O histórico clínico do paciente e exames físicos podem ajudar a um diagnóstico precoce. Poderão ser solicitados, ainda, exames para medir a concentração de alguns hormônios no organismo para a confirmação.

 

A ginecomastia pode ocorrer de acordo com três fatores:

  1. Pode ser provocada pelo aumento da glândula mamária masculina;
  2. Pode acontecer pelo excesso de gordura nas mamas;
  3. Podem surgir casos associados aos dois fatores anteriormente descritos.

 

Homens que sentem um desconforto emocional, dor ou quaisquer outros constrangimentos poderão procurar um cirurgião plástico de confiança para a realização de um procedimento cirúrgico, que terá como objetivo principal a retirada desta gordura ou da glândula mamária.

O tratamento em si é feito sob anestesia local associado a uma sedação para que o paciente durma confortavelmente durante o procedimento.

A ginecomastia é realizada no nível ambulatorial e o paciente tem alta algumas horas após a cirurgia.

A medicina tem evoluído muito e a finalidade de qualquer cirurgia plástica é melhorar a qualidade de vida do paciente – busca legítima em qualquer idade. Os resultados são absolutamente naturais, melhorando consideravelmente a autoestima dos homens que se submetem à cirurgia.

{{cta(‘698669e8-bf55-4199-9706-4946ab3bab70’)}}

Deixe uma resposta