jovialidadejovialidade do rostoTratamentos e procedimentos faciais

Como preservar a jovialidade do rosto a vida toda?

Como preservar a jovialidade do rosto a vida toda? Clínica Saraiva Atibaia Dr. José Saraiva

A longevidade vem aumentando vertiginosamente. Segundo dados do IBGE, na década de 40 a expectativa de vida para mulheres era de 48 anos; hoje, este número chegou aos 75. Imagine em 20 anos!

Atualmente contamos com a evolução da medicina – em particular da cirurgia plástica – que com suas maravilhosas descobertas alinham tecnologias e tratamentos que auxiliam nos processos de rejuvenescimento devolvendo, ainda, o contorno facial aos pacientes. 

Uma grande tendência observada na cosmiatria é a realização de procedimentos de forma preventiva já na terceira década de vida. Desta forma, torna-se mais fácil preservar a jovialidade, já que os sinais de envelhecimento ainda não estão evidentes nos pacientes.

Com o tempo, todos nós vamos parecer mais velhos; isso não quer dizer que estaremos menos belos.

Se vivermos bem e zelarmos do nosso corpo com os cuidados previstos para cada idade, envelheceremos com saúde e beleza.

Previna-se

Além dos cuidados essenciais e hábitos saudáveis que devem fazer parte de nosso cotidiano, atualmente podemos contar com as inovações da cosmiatria para prevenir e manter o rejuvenescimento facial. 

A cosmiatria é a ciência que estuda e trata da beleza humana de maneira embasada, responsável e ética em todas as suas dimensões.

Conheça os tratamentos faciais que permitem minimizar os efeitos do tempo:

  1. Botox

    Bastante conhecido, o Botox – nome comercialmente usado como referência à toxina botulínica – é um produto utilizado para suavizar as linhas de expressão e rugas no rosto.

    Podem ser tratadas através deste procedimento:

    – Rugas da testa
    – Glabela (espaço entre as sobrancelhas)
    – Os sulcos ao redor dos lábios
    – Os ‘pés de galinha’ (rugas na região dos olhos)
    – Dorso do nariz

    O resultado do botox começa a ser percebido de 2 a 5 dias após a aplicação, tornando-se mais evidente nas duas semanas seguintes.

  2. Peeling químico

    O objetivo do peeling químico é acelerar a renovação celular para obter uma pele mais uniforme.

    O procedimento pode ser feito no rosto, pescoço e mãos, proporcionando uma redução considerável de rugas faciais, cicatrizes, pigmentação irregular e manchas, além de tratar lesões pré-cancerígenas de pele.

    Existem cinco tipos de peeling químicos mais usados. São eles:

    1) Ácido glicólico
    2) Ácido retinoico
    3) Ácido tricloroacético
    4) Ácido salicílico
    5) Ácidos lácticos ou carbólicos

    Associar dois ou mais agentes também é possível.
    Após o procedimento, é importante evitar a exposição ao sol visando minimizar os riscos de provocar cicatrizes e manchas.

  3. Laser

    Através deste procedimento, o cirurgião consegue atingir um nível de controle e precisão em áreas mais sensíveis, possibilitando assim que a aplicação de feixes curtos de luz regularizem textura e pigmentação da pele.

    A aplicabilidade da laser deu um grande salto com o surgimento das máquinas que emitem a energia fracionada; atualmente, há possibilidade de realizar tratamentos completos entre três e cinco sessões – isso sem que o paciente precise se afastar de suas atividades cotidianas por muito tempo.

  4. Filling facial

    O filling facial – ou preenchimento – melhora sulcos e depressões no rosto ou lábios. É normalmente utilizado nas regiões onde a ação muscular não pode ser paralisada com o botox, embora as técnicas possam ser associadas.

    As substância mais utilizada para este procedimento pelos seus resultados e pela segurança é o Ácido Hialurônico ( Restylane, Emervel, Surgiderm )

    A duração do procedimento pode variar de 1 a 5 anos, dependendo do agente e do local tratado.

  5. Estimuladores de colágeno

    Exercendo a função de repositores de volume em áreas como o malar (maçãs do rosto), bochechas, linha da mandíbula e têmporas, por exemplo, os estimuladores de colágeno melhoram a textura e conferem firmeza nos tecidos faciais. Por ser um tratamento duradouro, traz grandes satisfações a quem o realiza.

    Normalmente, são utilizadas as seguintes substâncias para estimar o colágeno:

    – Hidroxiapatita (Radiesse)
    – Ácido hialurônico (Voluma)
    – Ácido polilático (Sculptra)

    Entre estas três substâncias, o ácido polilático – ou Sculptra – é o que mais estimula a formação de colágeno. Quando associados a peelings, lasers ou botox, possui ação ainda mais eficaz.

    Os efeitos deste procedimento duram até 2 anos.

Quanto mais cedo iniciar hábitos de cuidados com sua pele, melhor!

Atualmente, as possibilidades de procedimentos faciais são inúmeras e sempre há algo que podemos melhorar em relação a nossos cuidados. Basta dar o primeiro passo, procurando um cirurgião plástico da sua confiança que domine estas técnicas.

Quais os cuidados que você tem com seu rosto? 

{{cta(‘698669e8-bf55-4199-9706-4946ab3bab70’)}}

Deixe uma resposta