Saúde Bucal

As melhores práticas para cuidar da saúde bucal dos seus filhos

As-melhores-praticas-para-cuidar-da-saúde-bucal-dos-seus-filhos-1.png

Cuidar dos dentes do seu filho desde pequeno e ensiná-lo a fazer a correta higiene é um bom investimento para a saúde bucal e também para o seu bolso, uma vez que não precisará gastar dinheiro com tratamentos caros no futuro.

Os cirurgiões dentistas recomendam que os pais devam começar a levar os filhos ao dentista aos dois anos de idade. Assim, o profissional pode acompanhar todo o desenvolvimento da dentição e os pais podem receber orientações sobre alimentação, uso da chupeta, prevenção de feridas na boca e uso de flúor.

A ida da criança desde pequena ao dentista também é uma forma de educá-la sobre a importância dessa rotina durante sua vida, de tornar-se uma ação corriqueira, sem traumas e sem qualquer forma de medo.

Para ajudar seu filho a ter dentes e gengivas saudáveis, alguns passos simples são importantes:

  1. Escovação

Escove os dentes, ao menos três vezes ao dia. Ajude seu filho até que ele se habitue.

Use escova de cerdas macias, use pouco creme dental e não deixe a criança engoli-lo. Escove suavemente primeiro a superfície interna de cada dente, depois a externa e, por fim, a superfície de cada dente usada para mastigar. Posicione a escova em um ângulo de 45 graus ao longo da gengiva e faça movimentos para frente e para trás. Use, ainda, a ponta da escova para limpar atrás de cada dente da frente, na arcada superior e inferior.

  1. Fio dental

Use fio dental diariamente para auxiliar na remoção da placa bacteriana. O fio dental remove as partículas de alimentos e placa bacteriana que se instala entre os dentes e que só a escova não consegue retirar. Seu uso deve começar a partir dos quatro anos de idade e, após os oito anos, a criança já pode usá-lo sem auxílio dos pais.

  1. Flúor

Utilize produtos que contenham flúor, inclusive o creme dental. O flúor é um mineral natural que se combina ao esmalte do dente, fortalecendo-o e ajudando a evitar cáries.

A água consumida também deve conter flúor. Caso a água consumida não seja fluoretada, seu dentista ou pediatra pode prescrever suplementos de flúor ou um enxaguante bucal.

  1. Alimentação

Faça uma alimentação equilibrada, diminuindo o consumo de açúcar e amido, porque esses alimentos produzem os ácidos que causam as cáries.

Ajude seu filho a escolher, por exemplo, lanches saudáveis, ao invés de refrigerantes, bolachas recheadas e balas. Se for o caso, compre chiclete adoçado com xilitol, que evita cárie.

  1. Selante dental

É recomendado o uso do selante dental nas crianças para criar uma barreira eficaz contra as cáries. Trata-se de uma película fina de plástico – resina – que é aplicada à superfície dos dentes permanentes posteriores, onde a maioria das cáries se forma. A aplicação pode ser feita em uma consulta ao dentista e não dói.

  1. Visite o dentista

Faça consultas regulares ao dentista. Ele irá fazer a prevenção necessária e ajudar os pais a saberem com exatidão como cuidar da dentição de seus filhos.

Procure sempre explicar ao seu filho o porquê é bom ir ao dentista para manter a boca e os dentes bonitos. Com essa atitude, você estará estimulando-o a ter esse cuidado tão necessário por toda a vida.

{{cta(‘d7045b59-cc9e-40c9-a379-73de88ffdc65′,’justifycenter’)}}

Deixe uma resposta