Cirurgia plástica

6 cuidados importantes antes de realizar qualquer cirurgia plástica

cirurgia-plastica-1.jpg

A cirurgia plástica não tem esse nome por acaso: ela é um procedimento cirúrgico e, sendo assim, deve ser tomado os devidos cuidados.

Antes de se submeter à cirurgia plástica, algumas dúvidas precisam ser esclarecidas, assim como alguns pontos devem ser levados em consideração.

  1. Quero mesmo fazer a cirurgia?

Nada pode deve feito de impulso e nem por modismo. Apenas um parecer médico pode avaliar se você realmente tem indicação e vai ter benefícios com o procedimento cirúrgico. O médico, além do aspecto físico, irá avaliar quanto o ‘defeito’ a ser corrigido afeta a autoestima e a vida psicológica do paciente.

As pessoas deprimidas ou com outras alterações emocionais são aconselhadas por vezes a adiar a cirurgia estética; isso porque esses problemas podem refletir diretamente no resultado final que, muitas vezes, não é bem aceito pelo paciente, mesmo realizado com perfeição.

  1. A escolha do cirurgião

Antes de escolher seu cirurgião, pesquise suas qualificações e solicite referências de amigos e pessoas conhecidas. Consulte o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e descubra se o profissional é certificado pelo órgão. É simples, basta clicar em “encontre um cirurgião” e depois digite o nome do médico. O termo “ Membro Associado” significa que o profissional é especialista e “Membro Titular” é a graduação mais alta dentro da Sociedade.

Cuidados simples podem reduzir riscos. Há quanto tempo o médico exerce a sua especialidade? Experiência é muito importante e ajuda muito a evitar riscos e problemas desnecessários.

Por fim, desconfie dos profissionais que apresentam custos muito abaixo do mercado.

  1. Atenção com as clínicas e hospitais

Importante também é observar a qualidade do hospital ou clínica onde você será atendido. Há clínicas com recursos técnicos similares aos de um hospital, porém é preciso estar atento se elas cumprem todas as normas dos órgãos de vigilância sanitária e dos Conselhos Regionais de Medicina.

Com relação à equipe médica, vai depender do porte da cirurgia. Em procedimentos grandes são necessário, além do cirurgião principal, assistente, anestesista, instrumentador e auxiliares de enfermagem.

  1. Fazer exames antes do procedimento

Uma avaliação do seu estado de saúde geral deve ser feita pelo médico, que também irá solicitar exames pré-operatórios. São requisitados exames de sangue (coagulograma e hemograma) e cardiológicos. Dependendo da cirurgia e da idade do paciente, outros exames podem ser solicitados.

  1. Fale sobre seu histórico médico

Compartilhe com o cirurgião plástico todas as informações sobre as doenças que tem ou já teve, cirurgias realizadas, alergias e quais medicamentos faz uso, se é fumante ou faz uso de outras substâncias químicas. É de extrema importância manter o médico ciente.

Todas essas informações irão ajudar o cirurgião na definição dos exames pré-operatórios, na cirurgia e ainda nos cuidados após o procedimento.

Normalmente, quem tem alguma doença crônica ou hereditária terá que obter um aval do outro médico com quem faz tratamento para poder realizar a cirurgia plástica em segurança.

  1. Atenção ao pós-operatório

Embora as técnicas cirúrgicas estejam muito avançadas, o pós-operatório requer cuidados e o cumprimento à risca de todas as orientações do médico para que a recuperação seja rápida e tranquila.

Dependendo do tipo de cirurgia, as recomendações são variáveis, mas podem incluir restrições alimentares e de exercícios físicos, uso de cintas modeladoras, evitar tomar sol por algumas semanas, etc.

Sempre é importante frisar que o sucesso não se consegue apenas durante o procedimento; os cuidados no pós-operatório ajudam a aumentar as chances de êxito da cirurgia.

Lembre-se, também, de que todos os procedimentos levam um tempo para apresentar os resultados definidos. Portanto, se você pretende fazer uma cirurgia para um evento pessoal importante, como a comemoração de bodas, é preciso se programar com antecedência. Se não tiver tempo suficiente para o pós-operatório correto, é melhor adiar a realização do procedimento cirúrgico.

Um médico sério sempre vai dar uma previsão realista sobre a cirurgia e informar todos os riscos e limitações pelo quais você poderá passar. Assim, você irá se programar para o pós-operatório e entrará na sala de cirurgia tranquila e confiante, como deve ser.

Deixe uma resposta